Sexta-feira, 7 de Abril de 2006

Xadrez...

Pedras de xadrez em posição,
Joga, é a tua vez,
Corres riscos e pesas os passos,
Nos sorrisos hoje escassos,
Nos jogos que partilhamos,
Pontos finais, nas entrelinhas dos jornais,
Risos colaterais, cenas banais,
E afinal quem tenta a sorte?
Certamente nenhum de nós,
O risco é pouco mais que zero,
Na chama de ser sincero,
E não querer enganar ninguém,
Poucos são os que arriscam,
Mas arriscar é a certeza,
Ponto assente dessa forma, no vislumbrar da riqueza,
Discreto, observo-te de longe,
E deixo escapar as primeiras palavras,
Certas e erradas,
Mas tu não ouves, nem sentes,
Elas passam-te perto, quase rentes,
Arrepiam-te a pele, mas não falam contigo,
Por enquanto fica a tal capa do bom amigo…
 
publicado por JF às 17:49
link do post | comentar | favorito

.visitas

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim