Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

sonhos secretos...

Não entres no jogo se não queres perder,
As palavras estão dispostas, não há nada que saber,
Brinca, joga, disparas sem querer,
Perguntas e equacionas tudo o que dizer,
Vinte e duas palavras compostas,
Já me dizem o que gostas,
Desenham-te as mãos, aquecem-te as costas,
Fazem vibrar tudo o que tocas.
Não brinques demais, olha que vai doer,
Não tem nada que saber,
Eu não perco, aconteça o que acontecer,
Mas adoro o teu jogo, tenta beber,
Do sumo doce que a solidão te provoca,
Tenta acalmar, o tremor que o prazer te invoca,
Não me tentes entender, não me tentes rotular,
O que sabes é mentira, embora estejas a gostar,
Senta, fica mais um pouco, desenho-te mais uma crónica,
Garanto-te que a minha imagem é meramente simbólica,
Tu podes querer saber, podes tentar descobrir,
Que até podes arriscar, mas nunca saberás o que está por vir.
publicado por JF às 19:41
link do post | comentar | favorito

.visitas

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim