Sábado, 2 de Fevereiro de 2008

sem pressa de acordar...

      Deito-me cedo sem pressa de acordar, dos sonhos quentes que me aquecem o corpo, nada me faz pedir-te mais do que as imagens que me embalam, as que me chamam, que me acalmam.
     Vozes sussurram para que acorde, me levante, me desprenda das amarras da criatividade…deixo-me ir, voar por aí, sair, das folhas que dançam às sombras que me tocam, tudo é sereno hoje, doce, eterno, os caminhos que traço são as linhas do teu rosto, provo vento que tem sentidos do teu gosto e fico assim…rendido.
     Julgo-me perdido de quando em vez, quando o tumultuar das imagens se atropelam na minha mente, já perdi tantas vezes, para quê ter medo agora.
     Quero conhecer-te de olhos fechados para poder olhar-te de outra forma quando os abrir, deixa-me ir, para lá do tempo e da manhã, por onde se perdeu o talismã, tal como eu, disperso nesses sonhos onde ainda guardo tempo para me perder.

publicado por JF às 19:01
link do post | comentar | favorito

.visitas

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim