Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

A saudade...

Por muito que tentemos,
Nada volta ser como um dia foi,
As nuvens são passageiras,
Os dias ate podem ser semelhantes,
Mas nada volta a ser como antes,
Se te perderes no caminho,
Podes sempre voltar atrás,
Ver melhor, voltar a correr,
Se um dia te fores, talvez voltes a viver,
Mas nada será como antes,
Em cada dia, uma história diferente,
Guiões, actores, luzes distintas,
Nada fica igual quando misturas as tintas,
Por muito que tentes,
Nada vai ser igual,
E com o nascer do dia, mais uma hipótese,
Faz, mas não por ser diferente
Podes ser pecador, podes ser crente,
E nada fazer mais sentido,
Alguém pode ter escrito, tu até podes ter lido,
Mas a ideia é distinta,
Poesia de alguém que sinta,
E que diga de justiça plena,
Sentirei sempre igual,

Calma, não faz mal,
Ninguém avança,
Assim, ninguém se cansa,
De ver mudar o tempo,
Eu sei, porque não o lamento,
Nada se repete,
Pouco se reflecte,
E quase nada se vive,
Alguém que me prive,
Desta loucura intemporal,
Minutos passaram, não voltam a passar,
Não faz mal,
Chego ao fim, com a sensação de eternidade,
Nada volta a ser como foi, por isso muito aclamamos…
A saudade.

publicado por JF às 00:57
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De anacanela a 10 de Janeiro de 2007 às 16:01
a saudade tem esse nome não é?
e a saudade tem tanto dentro dela também...
a saudade aloja-se num lugar estranho de facto...lugar talvez inventado por nós...entre a memória e o coração...se bem que eu ás vezes sinto-a no corpo, quase na pele!?nos olhos que "te" vêm sem te ver...
é saudade tem um lugar estranho talvez inventado por nós e que depois deixa de ser nosso..passa a ser da pessoa , da lembrança que o habita...saudade estranha!!! porque a saudade entranha...
também escrevo sobre a saudade que ainda é ...sobre o adeus que quer ser ..e tambem continuo a gostar imenso de vir aqui...sempre bom*

Comentar post

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim