Sábado, 1 de Julho de 2006

podiamos ter...mudado o mundo.

Deixa sair, esse sorriso que emociona,
E deixa-me olhar-te de perto,
Lembras-te? De quando éramos demasiado pequenos,
Para entender, certos terrenos,
Travávamos batalhas sem sentido,
Que para nós eram cruciais,
Quando não tínhamos vergonha,
E pedíamos mais, e sempre mais,
Podíamos ter mudado o mundo,
Ainda bem que o deixámos estar,
Vamos mudá-lo dizias,
Contrapunha, deixa-o girar,
Que um dia alguém o muda por nós,
Seja pela sorte ou poder de sua voz,
Que se vai fazer ouvir,
Deixa sair, a tal raiva que sempre tens,
E deixa-me olhar-te de perto,
Lembras-te? De quando éramos demasiado inocentes,
Para saber o que eram determinadas mentes,
Pardos de palavras e de expressões amistosas,
Teoricamente descrentes, contra correntes,
Mas no fundo, sempre presentes,
Podíamos ter mudado o mundo,
Ainda bem que o deixámos estar…


publicado por JF às 00:47
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Borboleta a 1 de Julho de 2006 às 08:02

"Mas no fundo, sempre presentes,
Podíamos ter mudado o Mundo,
Ainda bem que o deixámos estar…"

..... (cont.)

Deixámos o Mundo rodar, e
rodámos nós com o Mundo,
e deste rodar constante, fez-se
Prece, fez-se grito, fez-se um Amor
infinito, capaz de rodar com o Mundo.
Aí, quer queiras ou quer não,
por força do pensamento, rodou o
Mundo ao contrário. Na palma da
nossa mão...
Da bola de fogo caída, na esteira
plana do Mar, nasce de novo o dia,
de novo se ergue do Mar....
Brilha, resplandesce, Bola imensa,
e sobe, sobe, se eleva.
No Mar é espelho, infinito ...
Na praia é alvorada.
Das areias ora frias, dois corpos
se elevam, se fundem, sobre o Sol
fosforescente, a areia se torna lava.
De mãos dadas, entram na água
E se amam, para todo o sempre.
Lá habitam, de lá são ...
ou talvez uma miragem?
Um oásis no deserto ...
***
Deixa sair, a tal raiva que sempre tens,
dizes sentir,
E deixa-me olhar-te de perto,
nem que seja um só momento ...
***
Podíamos ter mudado o Mundo,
Ainda bem que o deixámos estar…
O Mundo, à nossa medida, desenhado
a traços largos, p'las palmas das
nossas mãos...
Mas no fundo, sempre presentes,
Podíamos ter mudado o Mundo,
Ainda bem que o deixámos estar…
Porque o haveríamos de mudar?
Deixámos o Mundo rodar,
E ...
rodámos nós com o Mundo,
e deste rodar constante, fez-se
prece, fez-se grito, fez-se um Amor
infinito, capaz de rodar com o Mundo.
Aí, quer queiras ou quer não,
por força do pensamento,
rodou o Mundo ao contrário.
Da bola de fogo caída, na esteira
plana do Mar, nasce de novo o Sol,
de novo se ergue e sobe, sobe, em intenso
movimento.
Brilha, resplandece, fulge, Bola imensa,
e sobe, sobe, alto se eleva.
No Mar, espelho d’almas,
grandioso e infinito ...
Na praia ainda deserta brota,
Brota em nós, pungente, a alvorada.
Das areias ora frias, dois corpos
se elevam, fundem, arreigam, sob o Sol
nascente, Astro gigante em criação...
A areia (re) aquecida se torna lava.
De mãos dadas, corpos se fundem, envolvos
no novo dia E se amam .....para todo o sempre.
Lá habitam, de lá são ... voltam à origem, ao
começo - a água ... ou talvez uma miragem?
Um oásis no deserto ... Uma casuística visão...
***
Deixa sair, a tal raiva que
sempre tens, suspensa no teu olhar,
E deixa-me olhar-te de perto ...
Podíamos ter mudado o Mundo!
Ainda bem que o deixámos estar…
***
Contempla agora e aceita,
O Mundo, à nossa medida,
desenhado
a traços largos, p'las palmas das
nossas mãos.
Na hora do re(encontro)
Ou da nossa despedida?
Podíamos ter mudado o Mundo!...

(Um modestíssimo contributo da que vive em Veneza ...)



De Aran_aran a 2 de Julho de 2006 às 17:04
Pois mudar o mundo é uma tarefa complicada!!!! Mas se todos mudarem um pouco, ele gradualmente muda tb, mas pelo jeito das coisas... na acredito!!! Portanto é mesmo deixa-lo girar!!!! Mas mudanças são sempre boas para o espirito e se ainda forem para melhor!!! Gostei, beijinho grande e inté oh yehhh!!! :)
De Maria a 2 de Julho de 2006 às 17:14
O mundo é composto por mudanças.
Um aprender constante na alma,com inúmeros precalços,mas também com muitos sorrisos, sofridos, corajosos cheios de amor em tempo de paz,e mesmo em tempo de guerra.
Beijinhos jonny e a lutar também se muda. :)
Maria

Comentar post

.visitas

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim