Terça-feira, 27 de Junho de 2006

condenado a ti...

Desculpa se te fiz fogo e noite sem pedir,
Perdoa-me, por certo foi sem intenção,
Mas ver-te ferver no meu corpo foi tentação,
Deliciosa de mais, para não querer sentir,

Desculpa ter-te pintado nua nas minhas utopias,
Por certo quererias também ter-te visto,
Não foi por mal, eu insisto,
Mas adorei desenhar-te enquanto sorrias,

Desculpa, se abandonámos as razões,
E vivemos apenas o que mais carnal há na vida,
Neste castelo que criámos, não havia mais saída,
Que não fosse acelerar as batidas dos corações,

O nosso mundo hoje, é feito de papel,
Podíamos viver para sempre assim,
Já te disse e repito, és tudo para mim,
Prometo, amar-te, respeitar-te, ser-te fiel,

Desculpa se foi como um sopro invulgar,
Que perturbou o teu sossego,
Aqui no meu aconchego,
A vontade implora por te abraçar,

Desculpa se foi, só mais uma dança esquecida,
O motivo para toda esta incerteza,
És a poesia que escrevo, és riqueza,
Quem me dera ter saída…
Mas estou condenado a ti.

publicado por JF às 11:39
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Aran_aran a 27 de Junho de 2006 às 22:12
Está magnifico o poema!!! E dito(escrito) dessa forma não me parece que tudo esteja perdido... resta-te agora condenar ela a ti!!!! ;) Beijinhos e inté
De Borboleta a 11 de Julho de 2006 às 16:14
Desculpa se foi, só mais uma dança esquecida,
a que provoquei na tua mente.
Juro que não queria ser apenas...
O motivo para toda esta incerteza,
Queria ser "tua" mulher...
Dizes: "És a poesia que escrevo, és riqueza"
os meus olhos brilham, o meu coração delíra.
E eu, pobre mortal, quero mais ... quero ser
Tudo! Quero ser, o pão, a carne o mel,
que adorna a tua mesa!

Quem me dera ter saída…
E juro, nunca to confessaria ...
Mas louca, louca, provo o fel,
desta paixão que me devora...
Juro: Estou condenada a ti.


Comentar post

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim