Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

faz acontecer, que eu faço valer a pena...

Há algo aqui, perto de ti, que não entendo nem sei explicar,
Uma ilusão estranha, uma impressão que entranha, junto, perto da orelha,
Então diz “vais ser mais que um suspiro”.
Há algo aqui, quando te abraço assim, como obra do diabo,
A chancela foi lacrada, nessa sorte já lançada,
Eu não te digo não, assino junto a condição de fazer valer a pena,
Doce e serena embalas-me com a cor da tua dança,
Serpente venenosa, desejo provar tal veneno, mortal e eterno,
Mas hoje não, hoje eu não desisto.
Suspiras baixinho se tenho algo para te dizer ou ficamos pelas histórias de mil cores,
Eu recomendo-te sabores, segredos, calores onde a noite condena e por mais insisto,
Tenho algo para ti digo, na vontade de ganhar na esperança de me perder contigo.
Perguntas o que quero, ser vergonha embaraço ou pena,
Respondo-te “faz acontecer, que eu faço valer a pena!”

publicado por JF às 00:14
link do post | comentar | favorito
|

.visitas

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim