Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

ninho...

Pronto para ir, temos vinte palavras para salvar este mundo,
A terra já abre brechas, as lágrimas já molham o chão,
O deserto já queimou meio globo, não há água neste fundo,
Vinte palavras de condenação, dez de perdão, outras tantas de coração.
Tic tac, mais uma torre que cai, mil frases por dizer,
Hoje o teu perdão faz parte da minha chaga,
Aconteça o que acontecer,
Já me bastam as tuas promessas, vencidas de validade,
Queimas-me os olhos em delírios,
Das vinte eu digo a primeira, Verdade.
O que fazes por mim? Quando o teu mundo acabar?
Nada mais te segura, nada te impede e desistes,
O amor não fere, mas tu já estás a sangrar.
Tem cuidado com o que pedes, sonha bem baixinho,
Não vá o chão fugir para longe,
Caindo assim longe do teu “ninho”.

publicado por JF às 18:57
link do post | comentar | favorito
|

.visitas

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim