Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

terapias (capitulo I )

       Desperto os sentido em ti, eu sei, desperto sensações incontroláveis, suspiros inigualáveis, pensamentos que nunca quiseste descrever…é então que te pergunto, “o que estás a pensar”…”descreve”, e tudo explode, o que queres, onde queres, de que proporção falamos nós, daquela que embarga a voz, que nos deixa frágeis de mais para alguém nos pegar com carinho, eu neste momento estou sozinho, queres ver como tudo pode ganhar outras dimensões, concretizas sensações e descreves o que queres, eu desço um degrau e olho-te nos olhos, brinco contigo e apresento-te a tua insegurança, “calma linda, talvez seja melhor não” do fogo ao clarão, a realidade pode matar, mas nunca mata, apenas dá mais sede.

publicado por JF às 18:58
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Pequena I. a 4 de Abril de 2008 às 15:47
Contra factos não há argumentos...

Comentar post

.visitas

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. um fim...e um inicio...

. doce meu...

. asas para voar...

. eu volto...

. rodrigo leão...

. em ti...

. adormecer o meu dia...

. ontem, hoje e amanhã...

. música...

. nova melodia...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.links

.mais sobre mim